Buscar no site
HOME DICAS NUTRICIONAIS

DICAS NUTRICIONAIS

Qual a função dos carboidratos?

Os carboidratos são as principais fontes de energia da alimentação. Durante o processo de digestão, eles são quebrados, transformando-se em glicose.

Existem carboidratos mais apropriados para diabéticos?

Para os diabéticos, os carboidratos complexos, como o amido, são os preferidos. São exemplos de alimentos ricos em carboidratos complexos: arroz integral, farinha de trigo integral, milho, centeio, pães, biscoitos e massas integrais. Os demais carboidratos como a mandioca, tapioca, cará, mandioquinha, arroz branco, pão branco e etc, não estão proibidos, mas devem ser consumidos com mais cuidado e de acordo com a orientação do seu médico ou nutricionista.

O que é Hipoglicemia?

A hipoglicemia acontece quando a dose de insulina e a glicemia no sangue estão em desequilíbrio. Isso pode ser em decorrência de várias situações: excesso de insulina, redução na ingestão de alimentos, aumento da atividade física, atraso na alimentação, redução do consumo dos carboidratos.

Durante ou após o exercício físico, existe um risco maior da hipoglicemia acontecer. Se a atividade for se prolongar por mais de uma hora, deve-se fazer um pequeno intervalo para um lanche.

O que fazer quando a hipoglicemia acontece?

Em casos de hipoglicemia é sempre aconselhável que se alimente com carboidratos (em torno de 15 gramas), como sucos de frutas, tabletes de glicose, bolachas ou açúcar.

Após a recuperação do quadro hipoglicêmico, você deve fazer um lanche ou refeição, para evitar que o problema torne a se repetir em seguida. Deve-se estar atento à hipoglicemia noturna. O médico e o nutricionista devem ajustar a insulina e a alimentação para que isso não aconteça. O consumo de um lanche antes de dormir (ceia) pode auxiliar na prevenção deste problema. Uma alternativa prática é beber Diasip, que pode ser usado na ceia ou em lanches ao longo do dia, antes de exercícios físicos, contribuindo para a prevenção da ocorrência da hipoglicemia.

O que é Terapia Nutricional Oral (suplemento nutricional)?

É um produto que contém todos os nutrientes (carboidratos, proteínas, gorduras, vitaminas e minerais) em quantidade adequada. Pode se apresentar na forma líquida ou pó. Alguns produtos possuem nutrientes específicos para necessidades diferenciadas, de acordo com a doença ou perfil do paciente.

O que é Respifor - nutrição médica oral?

Respifor é um novo tipo de terapia nutricional oral elaborada especialmente para o paciente com DPOC.

Possui uma quantidade adequada de proteína (9,4g por embalagem), que ajudará a manter ou recuperar a força muscular principalmente quando associado à atividade física.

Sua formulação inclui também carboidratos, gorduras e as quantidades necessárias de vitaminas e minerais que melhorarão o funcionamento do organismo.

Apresenta-se em embalagem com pequeno volume de 125ml, que evitará a sensação de "empachamento" e, consequentemente, uma crise de falta de ar (dispneia). Possui dois agradáveis sabores: baunilha e morango.

Como tomar Respifor?

Deve-se seguir a orientação do médico ou nutricionista quanto à posologia e horários para tomar Respifor.

Respifor deve, preferencialmente, ser ingerido no intervalo das refeições para não atrapalhar o seu apetite, como demonstrado na figura abaixo:

Como tomar Respifor

Respifor fica mais gostoso se consumido gelado. Após aberto, Respifor pode ser guardado em geladeira por, no máximo, 24 horas.

Boas razões para recomendar o Fortini

Promove educação nutricional:

Fortini sabor neutro pode ser oferecido misturado ao feijão, purê, molhos, recheios de sanduíche, salada de frutas, vitaminas ou outros alimentos, estimulando a continuidade de uma rotina de alimentação equilibrada.

Aumenta o aporte de nutrientes de forma balanceada:

Fortini é nutricionalmente completo, aumentando o aporte de nutrientes de forma balanceada, diferente dos complementos nutricionais que são diluídos em leite e não oferecem todos os nutrientes que as crianças precisam.

Melhor adesão ao tratamento:

- Fortini é o único suplemento multi sabores e multi texturas: o sabor neutro é facilmente incorporado a alimentos doces ou salgados.

- Mais energia em menos volume: em apenas 140ml, Fortini oferece 210kcal.

Alimentação Saudável e Diabetes

Uma alimentação saudável exige a escolha de alimentos variados, refeições que combinem diferentes porções de hortaliças, frutas, cereais, raízes, carnes, leite e ovos em quantidades adequadas. O paciente diabético deverá seguir um plano alimentar elaborado pelo nutricionista/médico, que se baseie neste conceito sobre nutrição saudável e que sempre busque o equilíbrio entre três pontos fundamentais: alimentos, medicamentos e atividade física. Este plano alimentar pode ser elaborado a partir da pirâmide dos alimentos, ou ainda, através da contagem de carboidratos ou listas de substituições.

A pirâmide serve como um guia para auxiliar na escolha mais abrangente desta alimentação saudável, pois apresenta exemplos de como montar as refeições. Ela está dividida em grupos para facilitar estas escolhas.

Pirâmide Nutricional

Nos três grupos da base, estão os cereais, frutas e hortaliças, que devem ser consumidos em maior quantidade. No topo, encontram-se os alimentos que devem ser consumidos em menor quantidade. Na própria ilustração há a indicação de quantas porções de cada grupo de alimentos podem ser consumidas por dia.

Por que é importante o equilíbrio entre nutrição, medicação e atividade física no tratamento do diabetes?

Alimentação, medicação e atividade física formam o tripé básico do tratamento do diabetes. Através do equilíbrio entre estes três pontos, você consegue melhorar o controle da glicemia, colesterol e peso corporal. Se este controle for feito diariamente, a longo prazo, você reduzirá o risco do desenvolvimento de problemas cardiovasculares, renais, oculares, entre outras complicações que podem ser decorrentes do diabetes. São apontadas algumas recomendações gerais para uma alimentação mais saudável, a importância das fibras, vitaminas e minerais, quais tipos de gordura e proteínas deve-se consumir, como evitar ou tratar a hipoglicemia e informações sobre Terapia Nutricional Oral (suplementos) para diabetes.

Dicas sobre Nutrição e Diabetes

- Procure sempre a orientação da equipe de profissionais que acompanha o seu tratamento, especialmente do médico/ nutricionista para elaborar o seu plano alimentar.

- Faça as refeições em um ambiente agradável e calmo. Procure mastigar bem os alimentos e preste atenção no que está comendo.

- Todos podem se beneficiar de uma dieta saudável. Você e seus familiares podem compartilhar dos mesmos alimentos.

- Procure fazer 5 a 6 refeições ao longo do dia, respeitando os horários, com intervalos constantes. Evite pular refeições. Este procedimento permite um ajuste mais fácil da dose de insulina, previne as grandes variações de glicemia (hipoglicemia ou hiperglicemia) e favorece um melhor controle do peso.

- Drible a monotonia variando bem os alimentos. Invente novos pratos, capriche na arrumação da mesa, torne o momento da refeição um prazer.

- Na impossibilidade de fazer uma refeição, procure fazer um lanche saudável que a substitua. Evite ficar em jejum!

-> Diasip (terapia nutricional oral específi ca para diabetes) é uma alternativa para auxiliar na alimentação do paciente. Apresenta diferentes sabores, é líquido e pode ser consumido diretamente da embalagem com canudinho. Reúne todos os nutrientes necessários ao paciente de forma equilibrada

- Deixe sempre um Diasip na gaveta do escritório ou na bolsa. Deste modo, quando a fome bater, terá algo saudável para comer.

- O plano alimentar para o diabético envolve muitas informações e mudanças, que você deve incorporar ao longo do tempo. Diasip reúne várias características nutricionais recomendadas, o que pode facilitar o tratamento destes pacientes.

Quais são as fontes mais comuns de fibras, vitaminas e minerais?

- Hortaliças, frutas, cereais integrais e leguminosas são boas fontes de fibras, vitaminas e minerais. Uma alimentação variada, bem colorida, fornecerá boas quantidades destes nutrientes, que contribuirão na redução do risco do desenvolvimento da obesidade, de doenças cardiovasculares e de alguns tipos de câncer.

- As fibras são componentes que encontramos nestes vegetais. Tal consumo favorece o bom funcionamento intestinal, além de ajudar no melhor controle da glicemia e do colesterol.

- As vitaminas e minerais auxiliam a regular todas as funções do organismo.

- Fibras, vitaminas e minerais não podem faltar na sua alimentação. Diasip é rico em fibras e possui todas as vitaminas e minerais.

Quais são as gorduras mais indicadas para diabéticos?

- Existem gorduras mais saudáveis que devem ser preferidas, e outras que devemos reduzir o consumo. As gorduras de origem animal, como carnes gordas, linguiça, pele de frango, leite, iogurte integral, manteiga, creme de leite devem ser evitadas pelos diabéticos.

- Queijos amarelos, como mussarela, provolone, prato, parmesão, que são mais gordurosos, devem ser substituídos por queijos brancos.

- Dê preferência ao leite desnatado, queijos e carnes magras. Diminua a quantidade de manteiga ou margarina que utiliza. Prefira os alimentos assados, grelhados ou cozidos. Utilize óleos vegetais, como o de soja, canola ou girassol, para o preparo dos alimentos.

- Os óleos vegetais são exemplos de gorduras mais saudáveis, com destaque ao azeite de oliva (gordura monoinsaturada). Ele pode ser usado em saladas, legumes e pratos prontos. Evite o uso de temperos industrializados para temperar as saladas. Abuse dos temperos e ervas aromáticos, como orégano, manjericão, cheiro verde, louro, pois deixarão a salada mais saborosa. Vinagre ou suco de limão também podem ser usados.

O que é Diasip?

Diasip é uma terapia nutricional oral (suplemento alimentar), nutricionalmente completo, especialmente formulado para diabéticos, que auxilia no controle da glicemia e na prevenção de doenças cardíacas e renais. Diasip é composto por proteína isolada de soja de alta qualidade, que auxilia no controle do colesterol, prevenindo doenças cardiovasculares e renais.

As gorduras que compõem Diasip são de origem vegetal, especialmente as monoinsaturadas, que favorecem o melhor controle da glicemia e do colesterol. Da mesma forma, o carboidrato de Diasip são especiais (a nova formula de Diasip possui mais de uma fonte de carboidrato), proporcionando uma glicemia mais estável após o seu consumo. Além disso, Diasip é rico em fibras e possui todas as vitaminas e minerais.

Diasip apresenta-se em embalagem prática, pronta para uso e com canudinho, nos sabores baunilha e morango. O consumo diário recomendado é de 2-3 unidades de Diasip. Os lanches da manhã e/ou tarde e/ou ceia são bons momentos para consumir Diasip. Tenha sempre Diasip no escritório, na bolsa, no caminho para a academia, pois poderá sempre usá-lo para compor um lanche saudável.

Quais são as fontes de proteínas?

As proteínas são importantes constituintes da alimentação. Suas principais fontes são as carnes, ovos, leite e derivados e leguminosas.

Os diabéticos devem consumir alimentos proteicos normalmente, seguindo as orientações de seu plano alimentar.

A proteína de soja realmente traz benefícios? Quais?

A proteína de soja tem merecido destaque como uma atraente opção para os pacientes diabéticos. O consumo da proteína isolada de soja ou proteína texturizada de soja está associado à redução do colesterol e redução do risco de problemas renais em diabéticos.

Diasip contém proteína isolada de soja em sua composição.